O universo de Naruto, em um RPG, mas num universo paralelo
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 [Rp] O prólogo

Ir em baixo 
AutorMensagem
Shirou
Clã Hyukai
Clã Hyukai
avatar

Mensagens : 12
Data de inscrição : 16/12/2017

Ficha Shinobi
Experiência:
10/40  (10/40)
Disciplinas:
Chakra / Stamina: [35 / 15 ]

MensagemAssunto: [Rp] O prólogo   Sab 30 Dez 2017, 18:06

O dia nascia claro por entre as cadeias montanhosas do país do fogo, os pássaros já cantavam afoitos pelas árvores dos bosques de Hyu, um pequeno vale nos confins da nação do fogo. O calor do sol era amenizado por uma cortina de neblina que ainda pairava sobre os campos, molhando suavemente os fios de grama pequena que alí haviam. O orvalho refletia o brilho do sol, assim transformando a paisagem dos campos em um gigante mar de cristais verdes.
Os animais corriam nos pastos entre as pequenas casas do vilarejo Hyu, essas feitas de bambu e madeira, dando vida à toda aquela paisagem, transformando essa visão em algo tão simples e belo que as únicas palavras que poderiam descrever tal local seriam paz e serenidade.

Nesse vilarejo repleto de beleza e vida habitavam os membros do clã Hyukai, que trazia o nome do vale no seu próprio, pois ali estavam desde as gerações mais longínquas. Eram conhecidos por serem um grupo pacífico, cultivavam e plantavam suas próprias hortaliças e leguminosas, caçavam, construíam e tudo mais o que era preciso para que o vilarejo prosperasse, sem necessidade de invadir ou conquistar terras vizinhas, tudo que precisavam os deuses haviam posto em seu alcance, era de fato um local agraciado.

Apesar de seu conhecido pacifismo entre as regiões vizinhas, todos sabiam que os Hyukais eram um clã hábil, poderoso em batalhas, seus guerreiros mais geniais tinham consigo a habilidade suprema da visão, um doujutsu chamado aogan, este tinha o poder de copiar as habilidades dos inimigos, ver o fluxo de seu chakra e até mesmo prender os inimigos em ilusões tenebrosas que causavam até mesmo a morte, contudo estava longe de ser este o potencial máximo daqueles olhos.
Diziam as lendas que a linhagem sanguínea dos Hyukais descendiam dos próprios deuses antigos.
Em uma era onde os humanos eram dotados de habilidades de controle do chakra e dos elementos da natureza, ter uma técnica assim era deveras assustador para aqueles que pensavam em adentrar os vales de Hyu.

Um local agradável como este, com habitantes que não causavam ou buscavam o mal, mas apenas a necessidade própria de viver um dia de cada vez, não representava a realidade atual do mundo.
Fora dali, não muito distante, as nações estavam em guerra, o caos estava instalado no mundo shinobi. Poder político, militar, terras e tantas outras causas movidas pela ganância do homem estavam levando muitos à morte, e os Hyukai não sabiam, mas a paz que reinava ali, em breve seria atingida pela cortina negra de caos que pouco a pouco cobria todos os países ao seu redor, em breve, os olhos supremos dos hyukais estariam mais uma vez entre a carne e a espada, entre vida e a morte nos campos ensanguentados das batalhas.

_________________
I see your destiny
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Shirou
Clã Hyukai
Clã Hyukai
avatar

Mensagens : 12
Data de inscrição : 16/12/2017

Ficha Shinobi
Experiência:
10/40  (10/40)
Disciplinas:
Chakra / Stamina: [35 / 15 ]

MensagemAssunto: Re: [Rp] O prólogo   Dom 07 Jan 2018, 05:31

Como já era previsto pelas linhas do destino, finalmente um pequeno resquício da guerra finalmente chegara até a aldeia dos Hyukais.
Ainda era madrugada, a escuridão dominava os céus, o grunhir dos grilos e morcegos pairavam vez ou outra em meio ao vale. À entrada do vilarejo tochas formavam um cinturão em volta dos portões de madeira espeça onde quatro sentinelas mantinham a vigilância intensiva, guarnecendo o sono dos residentes.

Por horas a vigia se mantinha tranquila, sem surpresas, como já era costumeiro, embora vez ou outra tinham que espantar alguns tigres brancos que se aproximavam das granjas.
Quando o dia já estava para tomar seu lugar perante a noite, quando o sol já dava seus sinais do alvorecer por entre os montes, ao horizonte os guardas avistam um menino, caminhando vagarozamente até que cai ao chão. Um dos sentinelas corre em sua direção e percebe que o jovem está desmaiado, ferido com inúmeros cortes por seu corpo e com o rosto muito ensanguentado, seus cabelos amarelos já estavam tão tingidos com vermelho que não se podia dizer qual era sua real cor.

Gringer, o sentinela, levou o garoto em seus braços para o interior do vilarejo, havia reconhecido o brasão de seu clã, pertencia aos Asura, vizinhos dos Hyukais, conterrâneos do país do fogo.

Chegando na tenda médica, situada bem ao centro do vilarejo, como fim estratégico em caso de ataques, o garoto fora posto sobre uma maca feita de palha, castiçais iluminvam o ambiante para que o medicnin responsável pelo plantão iniciasse seu atendimento.

O jovem ficou desacordado por cerca de oito horas até que pudesse despertar.
-Onde estou?; perguntou o menino, levando sua mão direita à cabeça, onde havia um corte que ainda doía... Está no vilarejo dos Hyukais, o que se passou com os Asura, vocês defendem as fronteiras do país, pelo que indica foram atacados, não é mesmo?
...

O jovem Asura ainda não possuía força suficiente para falar, mas com seus olhos cheios de terror e desespero acenou positivamente com a cabeça, retirou do bolso uma pedaço de papel; seu braço não se erguia o suficiente, tendo assim que o médico tomar o papel por entre seus dedos.

"As fronteiras do país foram tomadas por dois clãs oriundos do país da chuva, o senhor do fogo deve mandar reforços imediatamente para retomar a região antes que os inimigos se instalem e tomem ciência da geografia..."
Havia indícios de que a escrita fora forçadamente interrompida, marcas de sangue manchavam todo o papel.

Hirota, o ninja médico, entendeu de imediato a gravidade da situação e da quantidade de tempo perdido até ler aquela mensagem. Afim de agir o mais rapidamente possível, requisitou que um ninja habilidoso fosse ao castelo do daimyo entregar o aviso, esse era Shirou.

O jovem Shirou recebeu em suas mãos um envelope que continha a carta e foi designado à entrega-la com urgência.
Shirou tinha apenas quatorze anos, mas era treinado na arte das técnicas de assassinato, sua habilidade de se camuflar e passar desapercebido seria útil para uma realização rapida da missão.

Colocou o envelope em uma de suas bolsas Shinobi presa à sua perna direita e partiu...

_________________
I see your destiny
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Starrk
Clã Asura
Clã Asura
avatar

Mensagens : 10
Data de inscrição : 28/12/2017

Ficha Shinobi
Experiência:
10/40  (10/40)
Disciplinas:
Chakra / Stamina: [ 35 / 15 ]

MensagemAssunto: Re: [Rp] O prólogo   Seg 08 Jan 2018, 03:52

Citação :
Starrt havia saído pela noite após o ataque ao seu clã, nas fronteiras do país. Fazia cerca de três horas que caminhava por entre as florestas e os campos, com paisagens se alternavam com frequência, mas não eram apreciadas.
Seus olhos e rosto manchados com sangue eram a prova de que nada ia bem naquele momento, cortes espalhados por todo seu corpo o enfraqueciam a cada minuto.

Após passar pelos campos, local que marcava a fronteira entre o vilarejo dos Asura e os Hyukais, Starrk adentra o território de seus vizinhos, era caminho para o palácio do senhor do fogo. Planejava pedir o auxilio de ninjas experientes entre os Hyukais, porém ao avistar a entrada do vilarejo percebeu que suas forças esvaiam-se com ainda mais rapidez. Rangeu os dentes, cerrou os punhos e com passos pesados, um por vez, empunhava a si mesmo o objetivo de dar outro passo, até que chegasse aos portões... não conseguiu.

Starrk desmaiou, quando recobrou a consciência estava em um tenda um tanto quanto escura, iluminada por pequenos castiçais. Estava deitado sobre uma maca de palha, e ao seu lado observava-o atentamente um homem com uma espécie de manto branco, demorou até perceber que havia sido tratado de suas feridas e que aquele homem ao seu lado era um médico. Não havia duvidas que estava dentro do vilarejo dos Hyukais, ao perceber nos olhos do medicnin em suas grandes pupilas azuis, o famoso Aogan.

O garoto Asura lembrou-se com urgência da mensagem que trazia em seu bolso, uma carta que estava a ser escrita pelo vice-líder do pelotão de busca, ao qual Starrk pertencia, quando o mesmo fora esfaqueado pelas costas.
Entrepôs dois dedos em seu bolso e puxou com dificuldades o pedaço de papel manchado, sem conseguir estender suas mãos o jovem apenas disse, Pegue!.
A mensagem foi lida e rapidamente um ninja fora acionado, um jovem que aparentava ter a idade de Starrk, era chamado por Shirou, seus cabelos eram de um azul tão claro que parecia branco, fazia sentido seu nome.

O Asura viu quando a mensagem foi passada ao outro menino, que pusera uma máscara estranha, guardou um envelope e partiu rapidamente em direção ao palácio do senhor do fogo.
Starrk não planejava ficar ali deitado enquanto alguém completava aquela missão no lugar dele. Dentro de algumas horas levantaria e iria também ao palácio.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [Rp] O prólogo   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[Rp] O prólogo
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Update SAIA LOGO
» Criador de logo bleach (perfeito)
» Prólogo: Roberto
» [Trama - Prólogo] - O Fim de Uma Geração/ Início de Outra
» Os Escolhidos: Prólogo do Apocalipse - Capitulo I

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
NinRPG :: RP Zone :: País do Fogo-
Ir para: